quarta-feira, 27 de novembro de 2013

AGROLINK - Todos jornais com temas agropecuários possíveis de serem pesquisados, sem privilégios ou filtros, selecionados e segmentados.

A COLEGA RUTH RENDEIRO LANÇA SEU PRIMEIRO LIVRO

Convido a todos os colegas e amigos embrapianos e ex embrapianos e, também, os demais colegas que tenham disponibilidade de se fazerem presentes no CPATU em Belém do Pará para que prestigiem esta brilhante colega.

O livro da amiga Ruth Rendeiro, que durante 26 anos trabalhou na Embrapa, sendo 25 na Embrapa Amazônia Oriental, aborda a relação de um casal que viveu por 18 anos, teve dois filhos e em 2007 ela descobre que está com câncer de mama e ele, em 2008 tem diagnosticado uma leucemia que o levou à morte. A narrativa usa técnicas do jornalismo literário e foge à cronologia, com cenas que, em flashback, vão à infância, adolescência e maturidade dos dois, até o diagnóstico da doença e dispersão das cinzas dele na ilha de Mosqueiro, distante 70 km de Belém, além de todas as mudanças impostas à vida do casal. Com a morte de um deles, o outro empenha-se mais ainda em não sucumbir. Uma tentativa quase desesperada de evitar a orfandade precoce dos filhos. Até que o câncer nos separe não é um livro triste, dramático, piegas, um compêndio sobre câncer ou um livro de autoajuda, mas um relato da vida real escrito com emoção e até humor.
Uma história real que Ruth viveu juntamente com seu marido, Manoel Dantas, durante o período de setembro de 2007 a agosto de 2008, quando ele morreu.

vro, escrito em terceira pessoa, como se a autora estivesse observando as cenas e não sendo parte integrante dela, usa o método do flash back misturando narrativas de um passado remoto com outras de um passado mais recente. Um vai-e-vem que dinamiza a história fugindo do cronológico dessa história real, que prima pela verdade, sem permissão para a ficção, um dos alicerces do jornalismo literário, área que Ruth Rendeiro se especializou.

O livro ATÉ QUE O CÂNCER NOS SEPARE singulariza-se pela reviravolta de uma morte anunciada, que era a da própria autora, mas que no meio do caminho soube que a despedida era do marido. Do primeiro beijo em Outeiro ao derradeiro na São Paulo que o companheiro, in extremis, jamais conheceu, Ruth conta a morte de Manoel, a sobrevivência ao choque dessa prematura partida e a revelação de forças que talvez ela própria não julgasse possuir e que lhe serviram de molde para reconstruir a sua personalidade a tempo de – curada – se reinventar para a vida.

Graça caldas, jornalista e pesquisadora do Laboratório de Jornalismo da Universidade de Campinas (Unicamp), autora da outra orelha do livro comenta que “dor e alegria se misturam no livro de Ruth. Retrato de uma realidade vivenciada, experimentada, entre lágrimas e gargalhadas. Uma história comum? Comum porque acontece a qualquer um de nós. Única porque traz um relato da jornalista-escritora. Inspirada em sua história de vida, sobrevivência, memória, na sua alegria, na sua dor, às vezes de forma bem humorada, outras com raiva, mas quase sempre corajosa. Oferece aos leitores, em estilo próprio, uma narrativa densa, o “sentimento do mundo”. A professora finaliza: “que este livro seja apenas o começo de sua nova jornada literária. Livro para ser lido, vivenciado, degustado, refletido. Uma história de doação, de separação, de saudades, de amor, uma história de vida”.

SERVIÇO
Lançamento do livro Até que o câncer nos separe
Autora: Ruth Rendeiro
Data: 5 de dezembro, às 16 horas
Local: Embrapa Amazônia Oriental (Tv. Enéas Pinheiro c/ Av. Perimetral, Espaço Memória)

Imediatamente após o lançamento estaremos dando informações para os colegas que desejarem ter acesso a este excelente livro.

PARABÉNS À AMIGA RUTH RENDEIRO "A GUERREIRA"

Revista Agroforesteria en las Americas. Último volume. Leiam.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

VAGA DE GERENTE DE PROJETOS NA EMBAIXADA BRITÂNICA

A Embaixada do Reino Unido está contratando Gerente de Projetos para gerenciar projetos do International Climate Fund relacionados a agricultura sustentável e desmatamento evitado.

Vejam mais detalhes no TdR em anexo, que também está disponível neste link:

https://www.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/208217/Project_Manager_Jun13.pdf

 

--
                      Moacir José Sales Medrado

                              

terça-feira, 11 de junho de 2013

OPORTUNIDADE DE TRABALHO - INVENTÁRIO FLORESTAL NACIONAL

Estão abertas, até o dia 25 de junho de 2013, as inscrições para a capacitação em coleta de dados do Inventário Florestal Nacional (IFN)  no Rio de Janeiro. A Secretaria de Estado do Ambiente (SEA/RJ), por meio da Superintendência de Biodiversidade e Florestas selecionará 15 profissionais, que podem ser Engenheiros Florestais, Biólogos, Engenheiros Agrônomos e Geógrafos que atendam aos seguintes perfis profissionais:
  • Líder de Equipe - Engenheiro florestal com experiência em inventário florestal de florestas naturais e liderança de equipe.
  • Técnico de Nível Superior - Engenheiro florestal, agrônomo, geógrafo ou biólogo com conhecimento em levantamentos de campo e habilidade de comunicação para realização de entrevistas.
  • Técnico de Nível Superior - Engenheiro florestal, agrônomo ou biólogo com experiência em coleta e identificação de material botânico de espécies arbóreas e arbustivas da Mata Atlântica.
O treinamento terá duração de dez dias e será ministrado pelo Serviço Florestal Brasileiro, em local e data a serem divulgados. Os profissionais selecionados receberão a capacitação, hospedagem e alimentação.
Somente os profissionais certificados poderão ser contratados pela empresa encarregada da coleta de dados do Inventário Florestal Nacional.
Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição na página
Para mais informações acesse:



Fonte: Serviço Florestal Brasileiro


--
                      Moacir José Sales Medrado

                              

quinta-feira, 9 de maio de 2013

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Caatinga pode ser melhor do que floresta na absorção de gás carbônico - Terra Brasil

SAFs 10: Sistemas Agroflorestais e Desenvolvimento Sustentável de 24 a 27 de junho de 2013 - Campo Grande-MS - mjsmedrado@gmail.com - Gmail

Serrarias de Ribas do Rio Pardo podem ficar sem matéria prima

Elena santos: Governo do Estado lança Polo de Seringueira em Santa Fé do Araguaia

Dia de Campo Técnico da Seringueira em Buritirana, Distrito de Palmas.

ju_559_pagina_03.pdf (objeto application/pdf)

EM BUSCA DO CLONE IDEAL - Pesquisadores desenvolvem mapa genético-molecular para seringueira, com vistas ao melhoramento da planta

http://goo.gl/OWxmv

Surgiu | Canteiro experimental de seringueira será vitrine de florestas plantadas na Agrotins 2013

Pesquisas incentivam o cultivo racional de seringueiras no Amazonas | Meio Ambiente | Amaz�nia | Nota | D24am.com

quinta-feira, 2 de maio de 2013

EXPRESSOMT - Dia de campo apresenta evolução da iLPF no bioma amazônico

Agrosoft Brasil :: Integração lavoura, pecuária e floresta: pesquisa avança rápido, mas ainda há muitos desafios

LEI 12.805/13 - Política Nacional de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

Leia neste endereço
--
                      Moacir José Sales Medrado

                              

Surgiu | Política de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta entrará em vigor em seis meses

SP: Clone de seringueira agiliza extração de látex - Painel Florestal

Regulamentação da Lei que institui a política estadual da Erva Mate foi tema de reunião na Secretaria da Agricultura